+55 (19) 3272-5199

Desde 1976 oferecendo soluções em áudio profissional para sonorização, gravações ao vivo, projetos especiais e intercomunicação digital.

Teatro Midway Hall

História

O Grupo Guararapes, tradicional indústria de confecções do Rio Grande do Norte e proprietários das lojas RIACHUELO, que possui mais de 250 lojas em todo Brasil, inaugurou, em abril de 2005, o Midway Mall, um grande shopping center, que vem, desde então, imprimindo novos hábitos de consumo à população do RN.

Dando continuidade a esta expansão o Midway Mall inaugurou, em dezembro de 2010, o Teatro Riachuelo, um espaço multiuso com os mais modernos mecanismos cênicos do mercado, comportando shows, peças de teatro, encontros empresariais, convenções e até grandes espetáculos musicais. Com capacidade para até 1.518 pessoas sentadas, podendo receber 1985 pessoas em outras formatações, o empreendimento chegou em excelente momento a cidade, suprindo a demanda de grandes shows e eventos do estado do RN e vem recebendo elogios de todos os grandes artistas que se apresentam no grande palco do Teatro.

Projeto

No caso do Teatro Riachuelo, o espaço apresenta características construtivas atípicas em relação às casas de espetáculos convencionais. Possuindo 37,5 metros de comprimento, aproximadamente 45 metros de largura e uma altura máxima de 11,28 metros, o auditório apresenta um volume de mais de 13.000 m³. Devido a sua versátil característica de recolhimento de parte de seus assentos para dentro de compartimentos embutidos na estrutura do auditório, a área de incidência e o volume a ser sonorizado mudam significativamente, alterando, portanto, a distribuição sonora.

Métodos

O correto posicionamento das caixas acústicas dentro do espaço analisado é de fundamental importância para alcançar a boa qualidade do som instalado. Dependendo do posicionamento das caixas acústicas podem ocorrer reflexões indesejadas e efeitos de interferências entre os lóbulos gerados pelos alto falantes, ocasionando, inclusive, o cancelamento do som em certas regiões devido à contraposição de fase das ondas sonoras. Idealmente, o posicionamento das caixas acústicas deveria ser ditado apenas em função das simulações eletroacústicas. Contudo, deve-se procurar adequar o posicionamento das caixas acústicas ao ponto que favoreçam a fatores estruturais, construtivos e cenográficos do auditório.

Após várias versões de arquitetura 3D do Midway Hall, chegamos a uma versão satisfatória e próxima das dimensões reais do auditório.

Todos estes detalhes fizeram com que as predições eletroacústicas fossem as mais próximas possíveis da realidade acústica do local.

Como citado anteriormente, as faces no modelo computacional que representam as paredes, piso, teto e palco foram configuradas para simularem concreto acabado. Isto ocorre por dois motivos: Primeiro, por que não existia uma definição quanto ao revestimento acústico a ser utilizado no teatro até então e segundo, as predições que foram realizadas levando em conta apenas a incidência direta do som, desprezando-se as reflexões.

Sendo assim podemos fazer as predições desprezando os objetos que não estivessem na visada direta das caixas acústicas. O que ocorreu com as placas refletoras, mas não com as passarelas técnicas, por exemplo.

Equipamentos